O adolescente de 15 anos apreendido suspeito de estuprar e matar uma menina de 3 anos em Niquelândia, a 300 km de Goiânia, confessou o crime, segundo a Polícia Civil. O garoto foi detido horas depois do ato infracional. A criança foi encontrada com os sinais vitais fracos em uma mata próxima da casa da família e apresentava indícios de violência física e sexual. Ela chegou a ser levada para o hospital, entubada e internada em um leito da Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas não sobreviveu aos ferimentos.

De acordo com a PC, o adolescente, vizinho da vítima, já teve problemas com drogas, prática de roubo, e chegou a ser internado em clínica psiquiátrica. Ele pegou a menina dentro da casa da família, enquanto a mãe foi à casa da sogra, situada no mesmo lote.

niquelandia

Em depoimento, ele negou conjunção carnal, mas há indícios de lesões no ânus da criança. No entanto, essa versão será investigada pela polícia, pois ele apresenta um machucado em um dos joelhos e sinais de arranhões de folhagem. O garoto contou que utilizou uma pedra de mais de 3 quilos para golpear e matar a menina. Após as pancadas, segundo a polícia, praticou a violência sexual.

Ainda de acordo com a polícia, o delegado responsável pelo caso, Bernardo Comunale, irá lavrar um auto de apreensão em flagrante. O adolescente ficará à disposição do Ministério Público, que determinará um centro de internação para onde ele deve ser encaminhado.